Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2015

Brazilian old media went into a pool. First, fueled the wave of intolerance, becoming a prisoner of his own trap. You can't offer more blood than offers, under risk of reducing his audience to a bunch of troglodytes. Bothers the troglodytes, who accuse it of little commitment, and bothers the other readers who criticize the absence of journalism. Later, sparked the impeachment process and now fear its effects. Make journalism to politics without strategy gives it, proving that the leadership crisis that affects the three powers did not spare the room.

Imagem
As contas de perde-ganha com Temer e Dilma - http://jornalggn.com.br/noticia/as-contas-de-perde-ganha-com-temer-e-dilma As manifestações desse domingo trazem conclusões curiosas: O número de manifestantes frustrou os organizadores, mostrando que o populacho não reage mais ao simples apertar de botões. Em São Paulo a equipe da Globo foi atacada por  furiosos com a falta de empenho da emissora em mobilizar as massas. A velha mídia entrou em uma sinuca de bico. Primeiro, alimentou a onda de intolerância, tornando-se prisioneira da própria armadilha montada. Não pode oferecer mais sangue do que oferece, sob risco de reduzir seu público a um tropel de trogloditas. Descontenta os trogloditas, que a acusam de pouco empenho, e descontenta os demais leitores que criticam a ausência de jornalismo. Depois, deflagrou o processo de impeachment e agora teme seus efeitos. Subordinar o jornalismo à política sem estratégia dá nisso, comprovando que a crise de liderança que acomete os três poderes não p…

What is similar between Star Wars and the Brazilian situation?

Imagem
O que existe de semelhante entre Star Wars e a situação brasileira?

Em Star Wars, o então senador Palpatine viu no menino Anakin um potencial discípulo... Cultivou-o por mais de 10 anos. Então, pacientemente foi seduzindo o rapaz até convertê-lo a seu escudeiro, o Darth Vader.
A mídia nativa, controlada por uma elite subserviente aos interesses das potências hegemônicas (leia-se: EUA) e ávida por retornar a nação ao neoliberalismo estrito (é o que o patrão manda), deturpou noticiarios, criou escândalos, protegeu seus comparsas e atacou seus desafetos por década. Enfim, formatou uma nova geração e deturpou as lembranças das velhas gerações.
Agora, está no limiar de um golpe de Estado disfarçado.
Tramam deturpar a Lei e impedir a presidenta legítimamente eleita... Ou ao menos chantageá-la para saquear os cofres públicos, mergulhar o país no caos e criar condições para colocarem no poder quem bem entenderem.
É óbvio que a inteligência dos EUA não está alheia a isto, e até financia tais a…