Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2014

Why Brazil is right to invest in Cuba investment at the port of Mariel extends the range of trade and the area of influence of Brazil.

http://www.cartacapital.com.br/internacional/por-que-o-brasil-esta-certo-ao-investir-em-cuba-1890.html/view
Por que o Brasil está certo ao investir em Cuba O investimento no Porto de Mariel amplia o alcance do comércio e a área de influência do Brasil. Por José Antonio Lima Causou certa indignação em determinados setores da sociedade brasileira a inauguração do porto de Mariel, em Cuba, na segunda-feira 27, com a presença de Dilma Rousseff. O espanto se deu por que a obra foi erguida graças a um financiamento do BNDES, que data ainda do governo Lula. Atribui-se o investimento a uma aliança ideológica entre os governos petistas e a família Castro, responsável pela ditadura na ilha. É um equívoco ver o empréstimo desta forma. Trata-se de um ato pragmático do Brasil. O porto de Mariel é um colosso. Ele é considerado tão sofisticado quanto os maiores terminais do Caribe, os de Kingston (Jamaica) e de Freeport (Bahamas), e terá capacidade para receber navios de carga do tipo Post-Panamax, q…
http://jornalggn.com.br/noticia/a-economia-vista-da-area-economica-do-governo
A economia, vista da área econômica do governo Na semana passada, durante a reunião de Davos, corriam soltos os boatos sobre a demissão do Ministro da Fazenda Guido Mantega. No mesmo momento, na reunião fechada com 70 dos maiores empresários globais, a presidente Dilma Rousseff se fazia acompanhar por ele, Fernando Pimentel, do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, e Alexandre Tombini, do Banco Central. A não-presença do presidente do BNDES (Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social) Luciano Coutinho é sintomática. Há pelo menos sete meses Luciano não é recebido por Dilma. Provavelmente será a próxima grande dor-de-cabeça do governo. *** Pela repercussão dos correspondentes, a reunião foi bem sucedida. Três horas antes, Dilma havia discursado para o plenário do World Economic Forum. Na reunião fechada, recusou-se a repetir o discurso e abriu para o diálogo, de uma forma descont…

The story of Nazi farm in the interior of São Paulo, Brazil

Imagem
http://jornalggn.com.br/noticia/a-historia-da-fazenda-nazista-no-interior-de-sao-pauloA história da fazenda nazista no interior de São Paulo Sugerido por Gunter Zibell - SP Da BBC Brasil Gibby Zobel BBC World Service, Campina do Monte Alegre (SP) Em uma fazenda no interior de São Paulo, 160 km a oeste da capital, um time de futebol posa para uma foto comemorativa. Mas o que torna a imagem extraordinária é o símbolo na bandeira do time - uma suástica. A foto, provavelmente, foi tirada após a ascensão nazista na Alemanha, na década de 1930. "Nada explicava a presença dessa suástica aqui", conta José Ricardo Rosa Maciel, ex-dono da remota fazenda Cruzeiro do Sul, perto de Campina do Monte Alegre, que encontrou a foto, por acaso, um dia. Mas essa foi, na verdade, sua segunda e intrigante descoberta. A primeira tinha ocorrido no chiqueiro. "Um dia, os porcos quebraram uma parede e fugiram para o campo", ele disse. "Notei que os tijolos tinham caído. Achei que estava …

DAVOS and Dilma Roussef

The important thing is that consolidated the core principles of this Brazilian model. i) Social capitalism, with a focus on policies of social inclusion and combating poverty.  ii)Strengthening of a productive private sector, especially with the grant programs and interest reduction subsalt and improvement of Exchange. There are many holes on this journey, especially the way the BNDES (National Bank of economic and Social Development) to Luciano Coutinho was the so-called "national champions". But are exaggerations correctable.  iii)Participatory democracy. There was an indentation in Dilma's Government, with the Cabinet decisions. But their own demonstrations last June indicate the irreversibility of the collective public policy building, resuming the spirit of the Constitution of 1988. 
iv)Emphasis on investment, innovation and education

Os ecos de Dilma em Davos | GGN

Os ecos de Dilma em Davos | GGN:

Luis Nassif

Os ecos de Davos foram plenamente favoráveis à presidente Dilma Rousseff. No World Economic Forum, o mais importante evento do capitalismo mundial, sua fala recebeu elogios gerais, conforme a cobertura dos jornais brasileiros.

*** Há um sem-número de críticas quanto à forma do governo, às vulnerabilidades da política econômica, à insuficiência dos gestores. Critica-se a contabilidade criativa, a forma como foram distribuídos subsídios, as idas e vindas dos leilões de concessão. Embora sejam críticas consistentes, elas se referem ao periférico. É evidente que, com Ministros mais eficientes, com visão técnica mais apurada, com maior abertura na discussão depolíticas públicas, o caminho seria mais fácil. Mas não é o essencial. No máximo, provocam algum atraso no deslanche da economia. *** O essencial foi dito por Dilma nos seus dois discursos: o compromisso com a responsabilidade fiscal, com o controle da inflação, com o câmbio flutuante e com os …

European who lived 7 thousand years had dark skin and blue eyes DNA indicates that man was lactose intolerant. Genes of this population today are found in Northern Europe

Imagem
Europeu que viveu há 7 mil anos tinha pele escura e olhos azuis DNA indica que homem era intolerante à lactose. Genes dessa população hoje são encontrados no norte da Europa Sequenciamento de DNA revelou as características que chamaram a atenção dos cientistas Foto: CSIC / DivulgaçãoCientistas sequenciaram o código genético de uma pessoa que viveu há 7 mil anos em Valdelugueros, na Espanha. O DNA indica que se tratava de um homem de pele escura e olhos azuis. O estudo foi divulgado neste domingo pela revista especializada Nature.

É o primeiro DNA sequenciado de um europeu caçador-coletor. O esqueleto foi encontrado no sítio de La Braña-Arintero e pertence ao período Mesolítico - entre 10 mil e 5 mil anos atrás -, que acabou no Neolítico, com o advento da agricultura e ad criação de animais.

Os cientistas acreditam que o Neolítico representou um desafio metabólico e imunológico (com os micro-organismos transmitidos pelos animais) e se refletiu na adaptação genética necessária à popula…

As much as this may sound strange to some, there is no moral principle that justifies the prohibition of drug use by adults responsible for their actions. The modalities of pleasures of the body, the decision on foods and substances that consumption is the result of individual decisions. It is the responsibility of the State simply to warn its citizens about the risks of their decisions.

[...] Now, after a decade of significant economic growth, it is clear how the country has never managed to create nothing but this self-destructive development concept worthy of the years 50. The last few decades, all of them marked by the attempt to develop a global ecological conscience, seem largely away from our Governments. Such awareness should be shown as unable to speak in economic development without adjustment for ecological planning able to prevent growing means blow the cities with cars that can't walk, intensifying cities with buildings shaped monstrosities, throw a shovel of lime in the rivers, rip the cities with gated communities or redraw the geography to the agribusiness interests. Inside the capitalist model of development, growing could not, however, mean something else. This model that removes all sense of the notion of "common good", which leads people to believe that growth is the increase of individual possessions, which disqualifies as archaism ref…

Parar de crescer — CartaCapital

Parar de crescer — CartaCapital:

"Parar de crescer
O conceito moderno de desenvolvimento precisa valorizar o menos, e não o mais
por Vladimir Safatle"

[...]

Agora, depois de uma década de crescimento econômico significativo, fica claro como o País nunca conseguiu criar nada além desse conceito de desenvolvimento autodestrutivo digno dos anos 50. As últimas décadas, todas elas marcadas pela tentativa de desenvolver uma consciência ecológica global, parecem, em larga medida, longe de nossos governos. Tal consciência deveria ter mostrado como não é possível falar em desenvolvimento econômico sem sua regulação por um planejamento ecológico capaz de impedir que crescer signifique explodir as cidades com carros que não conseguem andar, adensar cidades com monstruosidades em forma de edifícios, jogar uma pá de cal nos rios, rasgar as cidades com condomínios fechados ou redesenhar a geografia para os interesses do agronegócio. No interior do modelo capitalista de desenvolvimento, cre…

Não pagamento de taxa de proteção pode ter motivado operação de policiais na Cracolândia | GGN

Não pagamento de taxa de proteção pode ter motivado operação de policiais na Cracolândia | GGN:

"Não pagamento de taxa de proteção pode ter motivado operação de policiais na Cracolândia"

Pista para análise do Ministério Público Estadual sobre a ação do Denarc (Departamento Estadual de Prevenção e Repressão ao Narcotráfico) na Cracolândia. Segundo avaliação de analistas da Prefeitura de São Paulo, a ação do Denarc na Cracolândia deveu-se ao não pagamento de proteção. A Operação Cracolândia reduziu a demanda por crack. Houve a suspensão temporária do consumo. Era certo que hoje, dia de pagamento, os dependentes iriam adquirir suas pedras de crack - já que nao se supõe que o vício possa ser extirpado da noite para o dia. Mas durante a semana houve queda sensível de venda e os traficantes não tiveram como pagar a taxa de proteção. Considera-se, em círculos próximos ao prefeito Haddad, que o governador Geraldo Alckmin não foi informado da operaçao. Então, qual o motivo para…
Imagem
O STF vai abrir o mais bem guardado segredo de Joaquim Barbosa qui, 23/01/2014 - 12:26 - Atualizado em 24/01/2014 - 09:18 Entre hoje e amanhã, o presidente interino do STF (Supremo Tribunal Federal) Ricardo Lewandowski tornará publico o Inquérito 2474, o chamado “gavetão”, o mais bem guardado segredo do Ministro Joaquim Barbosa. O “gavetão” é a peça originária do Inquérito 2245, que resultou no “mensalão”. Na ocasião, o relator Joaquim Barbosa cindiu o inquérito 2245 e as partes não aproveitadas se transformaram no inquérito 2474, aberto em março de 2007, que ele manteve sob segredo de Justiça. Apesar de garantir que não haveria mais “gavetas” no STF, Joaquim Barbosa recusou-se a divulgar o conteúdo do inquérito. Em 2011 deferiu pedido formulado pela defesa de Daniel Dantas, abrindo apenas a ele o inquérito (http://tinyurl.com/kgnobew). Mas negou a dois condenados do “mensalão” alegando que não teria nenhuma relação com a AP 470. No entanto, soube-se que laudos da Polícia Fed…

Jornal do Brasil - Coisas da Política - O Brasil de Davos e de Mariel

Jornal do Brasil - Coisas da Política - O Brasil de Davos e de Mariel:

"O Brasil de Davos e de Mariel"

Mauro SantayanaImpA presidente Dilma chegou ontem a Davos, na Suíça, para reunir-se, entre outras personalidades, com o presidente do país, Didier Burkhalter, o do grupo Saab (sócio brasileiro no projeto dos caças Gripen NG - Hakan Buskhe), o da Fifa, Joseph Blatter, e CEOs de grandes multinacionais, como a Unilever e a Novartis.  De lá, ela irá para Havana, Cuba, onde se encontrará com líderes do continente, na reunião da Celac (Comunidade de Estados da América Latina e do Caribe), e participará, junto ao presidente Raul Castro, de uma cerimônia emblemática: a inauguração da primeira etapa do terminal de contêineres e da Zona Especial de Desenvolvimento de Mariel, junto ao porto do mesmo nome, financiado com dinheiro brasileiro e construído por empresas nacionais de engenharia, em associação com firmas locais, no valor aproximado de um bilhão de dólares. O objetivo do Brasil, …